Prestar assistência aos portadores de fibrose cística e suas famílias, essa é a principal missão da ACAM (Associação Catarinense de Assistência ao Mucoviscidótico). Constituída no dia 25 de junho de 1991, contou com a contribuição de familiares, profissionais da saúde, portadores da doença e simpatizantes com a causa para garantir nesses cerca de 30 anos, suporte médico, Farmácia de Baixo Custo e serviço de assistência social aos mais de 250 portadores de fibrose cística em Santa Catarina.

A ACAM é uma entidade sem fins lucrativos e que depende, única e exclusivamente de doações para sua subsistência, além da realização de eventos beneficentes como bingos, almoços e jantares, pedágios solidários, festas e venda de rifas. As doações também chegam por meio de uma parceria com a Celesc, na qual os usuários contribuem com valores mensais destinados à organização. Porém, com o cenário atual de pandemia, a renda caiu abruptamente e a ACAM se vê diante de uma grave crise financeira.

Para prosseguir realizando o suporte necessário aos portadores da doença e suas famílias, bem como promover a melhoria na qualidade de vida de seus associados, é necessário que haja um aumento significativo das doações, que também podem ser feitas por meio de boletos bancários e débitos automáticos em cartão. Toda a contribuição é bem-vinda e ajudará a manter o tratamento de crianças, adolescentes e adultos catarinenses e residentes em nosso Estado.

Nossa entidade tem uma trajetória de luta espelhada pelo que as famílias vivem em suas rotinas desgastantes que a fibrose cística impõe. Mas também há muita história de superação e apoio para compartilhar. Ao longo dos anos realizamos palestras e promovemos eventos científicos que auxiliam na promoção do conhecimento e servem de suporte para as famílias entenderem mais sobre a enfermidade e evolução da medicina. Vimos tratamentos se modificarem e novas drogas serem introduzidas. Acreditamos em um futuro promissor com a chegada dos moduladores de CFTR e lutamos para que esses medicamentos de alto custo estejam ao alcance de todos.

Também destacamos a importância da divulgação da fibrose cística para salvar a vida de pessoas que estejam sem diagnóstico e, consequentemente, sem acesso ao tratamento adequado. Reunimos esforços para promover atendimento especializado aos portadores de FC em nosso Estado, seja pela sensibilização de profissionais da saúde ou pela instalação de centros de atendimento multidisciplinar em outras regiões além de Florianópolis. Sabemos das dificuldades, lidamos com elas diariamente, mas aprendemos a superar os obstáculos e seguir em busca de nossos sonhos. E juntos sonhamos com um futuro repleto de oportunidades para os portadores de fibrose cística e suas famílias.